O Teatro de Arena de Porto Alegre é um espaço cultural situado no centro da capital gaúcha. Fundado em 17 de outubro de 1967 por um grupo de artistas do Grupo de Teatro Independente (GTI), liderados por Jairo de Andrade. Faziam também parte do GTI os artistas Alba Rosa, Araci Esteves, Hamilton Braga e Câncio Vargas. A época era da ditadura militar, mas o Teatro de Arena se caracterizou pela sua atuação politicamente engajada, criticando o regime. Contudo, por fatores econômicos, o teatro foi fechado em 1979. Mais tarde, lideranças culturais atuando no Governo do Estado, como Dilmar Messias e Carlos Jorge Appel, passaram a procurar o restabelecimento do organismo e criar um Centro de Documentação e Pesquisa. Em 1988, foi considerado de utilidade pública, e então foi incorporado pela Secretaria Estadual da Cultura. O espaço foi reformado e reaberto em 1991, passando a abrigar diferentes propostas.